a história que nunca acaba…

o pior lugar para se perder. pequenas comoções, grandes ajustes. mesa de bar, vozes, lembranças, novos rostos e a antiga solidão. é algo que se estica até o máximo do entorpecimento, até não se sentir mais nada. virulência. o veneno na alma, o veneno da noite, o veneno da vida, o veneno que brota dos canos de descarga dos automóveis, o veneno que enche os copos até a borda, o veneno vendido nas vitrines da rua oito, o veneno que se espalha pela noite fria, em fria… todos foram enganados, ela gritou com o dedo em riste, recitando hilda hilst, as ancas gordas, largas, desnudas, baforando um quilo de quimeras cheirando à poluição e mentiras, passeando pelo asfalto, pela avenida feita ali, todos pararam para olhar. ela se ria de tudo, ela se ia por entre os prédios deitados, a cidade sem horizonte, a dona do grande falo central. ela oferecia aos pedintes o seio nu, sujo, riscado do tédio, o desespero, existe um tanto de desespero aí fora, existe um tanto de nós espalhados nas calçadas, indo pelo ralo, se indo até se perder… enquanto os carros rosnam ao atravessar o grande monumento, o eixo central, a zona central, o setor de diversões sul, o grande letreiro iluminando a cidade despedida de vontades próprias, erguida à suor e lágrimas. vou te verter na noite, liquefeito, pichações nos muros, recados escritos em códigos nos viadutos que cortam o tédio erguido sobre o concreto… a história que nunca acaba… o medo do amor…

Anúncios

4 Respostas para “a história que nunca acaba…

  1. muito bom. medo do amor e medo da marcha ré, hein?

    hehehehehehe

  2. Brasília te inspirando, sempre. Ou, Brasília te dando motivos, sempre, para escrever. Pois que escrever, bom mesmo é sem ter inspiração.
    Ps.: não entendi isto de marcha a ré. Brasília é uma marcha a ré? Medo de voltar?

    Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s